Neste site h√° censura pura e dura, para anti-touradas!!!
Data/Hora: domingo jan 21, 2018 12:54 am

Os Hor√°rios s√£o TMG




Criar Novo T√≥pico Responder a este T√≥pico  [ 23 mensagens ]  Ir para p√°gina 1, 2  Pr√≥ximo
Autor Mensagem
MensagemEnviado: ter√ßa jun 24, 2003 2:35 pm 
Desligado
Picador

Registado: segunda jun 09, 2003 9:13 pm
Mensagens: 64
Localização: Alentejo
Foi com grande indignação que li este mail que me chegou... :shock:

Leiam, critiquem, mas por favor, não ofendam!!! O melhor ataque é uma boa defesa, e por isso espero de vocês respostas com cabeça tronco e membros, para mostrar a essas pessoas que só sabem difamar e sem argumentos válidos que a razão está do nosso lado! Não somos nós os fundamentalistas, eles é que invadiram a nossa "casa" sem pedir licença e sem direito algum, como eles insistem em dizer que têm!


Citar:
A exigência ética do fim das touradas

A SIC exibiu, durante esta semana que passou, em cada emissão do "Jornal da Noite", com repetição integral no "Jornal das 10" da SIC Notícias de ontem, a excelente reportagem "Vermelho e Negro", a respeito das touradas em Portugal.

Neste trabalho de grande qualidade, da autoria da jornalista Cristina Boavida, foi poss√≠vel conhecer melhor o mundo das corridas de touros em Portugal, nomeadamente permitindo refor√ßar ainda mais a ideia de que este √© um meio de viol√™ncia e crueldade em que as v√≠timas s√£o os touros (e tamb√©m os cavalos), perseguidos, molestados, feridos e sacrificados que s√£o, em nome daquilo que √© na verdade um neg√≥cio, mais do que uma tradi√ß√£o. E, como √© √≥bvio, mesmo que a √ļnica raz√£o fosse a tradi√ß√£o, nada se seguiria da√≠ que pudesse justificar uma tal barbaridade.

O requinte do sadismo que caracteriza os cavaleiros tauromáquicos foi revelado por aquele que é considerado o maior de todos eles: João Moura. Como se pode ver nesta reportagem, a forma que este toureiro (responsável pela morte de milhares de touros na sua carreira de barbérie) encontrou de compensar o cavalo que, segundo o mesmo, mais o ajudou e do qual mais gostou, foi usar as suas patas para fazer uma mesa de centro para a sua sala de estar, assim como expor a sua crina e outras partes anatómicas deste animal, nomeadamente a cabeça, presa numa parede juntamente com a cabeça de alguns dos muitos touros que João Moura massacrou durante a sua actividade taurina.

Pode, de resto, ver-se Jo√£o Moura e Jo√£o Moura J√ļnior (filho do primeiro) a treinarem com bezerras de muito pouca idade, espetando os seus fr√°geis e ainda pouco desenvolvidos corpos com as habituais farpas que usam como seus privilegiados instrumentos de tortura. Pudemos ver as bezerras visivelmente incomodadas com a dor causada por esta pr√°tica abjecta, para al√©m de uma delas estar com os chifres serrados de tal maneira que n√£o paravam de sangrar (os chifres s√£o serrados para lhes serem retiradas as defesas naturais e, assim, estarem numa luta ainda mais desigual com os seus agressores, os toureiros e forcados). E estes treinos acontecem numa base quase di√°ria, o que significa que o mart√≠rio de animais - nomeadamente de animais muito jovens ou mesmo b√©b√©s, como foi o caso da bezerra que Moura levou para o programa "Herman SIC" h√° umas semanas atr√°s - √© muit√≠ssimo frequente.

Ainda a prop√≥sito da fam√≠lia Moura, foi deveras preocupante e assustador ver Jo√£o Moura J√ļnior, um adolescente de apenas quatorze anos, j√° iniciado nestas pr√°ticas hediondas, habituado j√° a, tal como o pai, torturar animais com fins ora l√ļdicos, ora econ√≥micos. Como disse este jovem, "√© a profiss√£o". De valores √©ticos, n√£o sabe, pois evidentemente n√£o teve quem lhos transmitisse (e, segundo mesmo, nem em termos de habilita√ß√Ķes acad√©micas quer avan√ßar, pois pretende ficar apenas com o 9¬ļ ano de escolaridade, num pa√≠s que est√° a determinar o 12¬ļ ano como escolaridade m√≠nima obrigat√≥ria). √Č de notar que Jo√£o Moura, para al√©m das suas primevas actividades taurom√°quicas, √© tamb√©m conhecido por organizar provas equestres ilegais (os chamados "raides equestres") sem autoriza√ß√£o da Federa√ß√£o Equestre Portuguesa e sem observar qualquer regulamento da mesma ou qualquer legisla√ß√£o vigente, levando, nestas provas, v√°rios cavalos √† morte por exaust√£o para seu g√°udio. √Č, portanto, um homem para quem a moral e a lei nada dizem, sobretudo quando isso possa constituir um obst√°culo √†s suas inclina√ß√Ķes mais primitivas.

Nesta reportagem, pudemos ainda conhecer melhor Lu√≠s Rouxinol, um cavaleiro taurom√°quico tamb√©m propenso a ter comportamentos il√≠citos decorrentes das suas tend√™ncias violentas que n√£o s√≥ se dirigem contra animais n√£o-humanos como tamb√©m contra humanos. A prova disso √© que, no Ver√£o do ano passado, quando um grupo de activistas anti-tourada se manifestava, no pleno exerc√≠cio dos seus direitos civis e constitucionais, contra uma corrida de touros que estava a decorrer na Pra√ßa da Touros de Torres Vedras e em que participava este cavaleiro taurom√°quico, Rouxinol contornou propositadamente a barreira de protec√ß√£o policial que determinava o espa√ßo reservado aos manifestantes e que os resguardava, e atirou-se com o seu cavalo (outra das suas muitas v√≠timas) literalmente para cima destes activistas. Quando dois agentes da PSP presentes no local o tentaram deter e fazer com que descesse do cavalo, Rouxinol destinou-lhes o mesmo tratamento que destinou aos activistas, agredindo os agentes da autoridade. Tanto assim que o pr√≥prio Comando da PSP de Torres Vedras acabou por proceder judicialmente contra este cavaleiro taurom√°quico. √Č, ali√°s, importante destacar que √© comum ver aficionados das touradas, forcados e toureiros agredirem activistas dos direitos dos animais quando estes legitimamente - e, como sempre, dentro da legalidade - se manifestam contra as corridas de touros nas quais estes participam ou a que assistem. Ainda sobre Lu√≠s Rouxinol, √© de referir que este cavaleiro taurom√°quico foi um dos participantes na Corrida de Touros que aconteceu em Santar√©m no passado dia 10 de Junho, considerado pelos mesmos o "Dia da Ra√ßa", tendo esta sido, supostamente, a "Corrida do Dia da Ra√ßa", o que mostra tamb√©m a tend√™ncia xen√≥foba destas pessoas.

A injustificabilidade das corridas de touros era j√° conhecida. Contudo, esta reportagem tamb√©m nos permitiu confirmar ainda mais esta ideia. Quando vimos que os dois cavaleiros praticantes entrevistados (nomeadamente Jo√£o Moura J√ļnior) responderem com frases como "√Č muito complicado explicar agora" ou "n√£o sei" quando lhes foi perguntado se n√£o achavam que o que faziam era cruel, facilmente conclu√≠mos que estas pessoas nem rudimentares justifica√ß√Ķes conseguem apresentar para aquilo que fazem. Por outro lado, o forcado entrevistado deixou tamb√©m muito claro o que os machistas s√£o os indiv√≠duos ligados √†s touradas, vendo as mulheres como instrumentos, enfeites ou apoio. Isso ficou tamb√©m muito claro num c√©lebre debate televisivo sobre as touradas, exibido o ano passado na RTP ("Gregos & Troianos"), quando Gon√ßalo da C√Ęmara Pereira, aficionado assumido, falou em "namoradas mansas e namoradas bravas" numa muito infeliz analogia com "touros mansos e touros bravos", sugerindo que as primeiras n√£o precisariam de ser domadas mas que as segundas j√° precisariam de ser dominadas, tal como os touros. O entendimento destas pessoas √©, pois, o seguinte: as mulheres est√£o na mesma linha dos touros, ou seja, s√£o tamb√©m instrumentos, que dever√£o ou n√£o ser dominados (eventualmente pela for√ßa) consoante sejam "mansas" ou "bravas". Ora, este quadro mental dispensa coment√°rios.

Neste contexto, a cavaleira tauromáquica Sónia Matias, também entrevistada nesta reportagem, orgulhar-se-á de ser respeitada pelos seus pares. Muito possivelmente, não consegue compreender que estas pessoas estão demasiadamente condicionadas do ponto de vista moral, cultural e mesmo intelectual para saberem o que é o respeito, nomeadamente a própria Sónia Matias. Está, claramente, iludida. Também esta lamentável figura do meio tauromáquico português revelou a sua inconsciência sem pejo, pois, quando lhe foi perguntado se alguma tinha sentido pena dos touros, Sónia Matias respondeu prontamente com um "não", soltando imediatamente a seguir uma gargalhada cuja causa ninguém conseguiria compreender: rir-se-ia do facto de não ter pena dos touros que tortura e mata, rir-se-ia de si mesma por não ter pena dos touros que tortura e mata ou rir-se-ia da pergunta? Diremos talvez que o melhor será não apurar a resposta.

Nesta reportagem, ficou tamb√©m claro que as touradas s√£o um neg√≥cio, sendo que Jo√£o Moura √© dos cavaleiros taurom√°quicos mais bem sucedidos (dado que √© aquele que aufere maiores rendimentos por tourada). √Č elementar salientar que, no fundo, aquilo que move estas pessoas - desde os toureiros aos ganadeiros e empres√°rios taurom√°quicos - n√£o √© mais do que os rendimentos que conseguem obter nestas pr√°ticas, para al√©m de um suposto estatuto social que, em c√≠rculos de uma confrangedora pobreza moral, cultural e civilizacional, √© reconhecido e apreciado por pessoas cujo car√°cter √©, no m√≠nimo, duvidoso. Mas foi interessante notar que Manuel Gon√ßalves, empres√°rio taurom√°quico tamb√©m entrevistado nesta reportagem, reconheceu que, actualmente, "√© mais f√°cil perder cinco mil contos do que ganhar quinhentos contos" neste neg√≥cio, dizendo tamb√©m que "uma pra√ßa de touros que tenha capacidade para dez mil pessoas tem apenas mil ou mil e quinhentas pessoas na assist√™ncia", o que confirma aquilo que as organiza√ß√Ķes portuguesas e espanholas de defesa dos animais bem sabem: as touradas s√£o um neg√≥cio em franco decl√≠nio, quer em Portugal, quer em Espanha. O p√ļblico das corridas de touros √©, de resto, numa grande percentagem, o mesmo p√ļblico, pois comp√Ķe-se de um grupo de pessoas que percorre a maioria das corridas de touros que se realizam em Portugal. As diversas sondagens que ao longo dos anos se t√™m feito (por diversos centros de sondagens) s√£o, de resto, muito claras: dos resultados habitualmente conseguidos, entre 80% a 85% da popula√ß√£o portuguesa n√£o concorda com a exist√™ncia de touradas.

A verdade, por√©m, √© que, embora as corridas de touros estejam condenadas a um fim que se afigura cada vez mais pr√≥ximo, Portugal continua de algum modo ref√©m desta triste realidade, que nos choca e envergonha. Milhares de bezerros e touros continuam a ser torturados e mortos anualmente em Portugal em actividades taurom√°quicas. A t√≠tulo de exemplo, no domingo passado, dia 8 de Junho, na Labrujeira (concelho de Torres Vedras), tr√™s bezerras de quatro meses foram literalmente espezinhadas por populares a cavalo num suposto toureio a cavalo sem farpas. As bezerras ficaram ca√≠das, com ferimentos graves e inconscientes, na arena improvisada desta aldeia. Evidentemente, isto infringiu leis vigentes, desrespeitando at√© o pr√≥prio Regulamento de Espect√°culos Taurom√°quicos. Alertada para o caso, a ANIMAL dirigiu-se √† Labrujeira, encontrando uma popula√ß√£o afogada em √°lcool e preparada para, depois deste massacre, assistir a uma largada de touros que aconteceria horas depois. Chegada ao posto da GNR mais pr√≥ximo, a equipa da ANIMAL identificou-se (nomeadamente Miguel Moutinho, como dirigente da organiza√ß√£o), pedindo aos agentes da autoridade que identificassem a Comiss√£o de Festas respons√°vel por este massacre. A GNR, seguindo os procedimentos que tamb√©m se "tradicionalizaram" depois de Barrancos, n√£o se disp√īs a identificar a Comiss√£o de Festas, remetendo para uma eventual queixa que a ANIMAL apresentasse no Minist√©rio P√ļblico, ap√≥s a qual seria solicitada a esta for√ßa policial a identifica√ß√£o dos respons√°veis. S√≥ nesta tarde, tr√™s bezerras de quatro meses perderam a vida depois de um sofrimento brutal, ao que se seguiu a tortura de mais tr√™s touros. A ANIMAL nada mais p√īde fazer, desde logo perante a total passividade das autoridades policiais.

Perante tudo isto, o fim das touradas apresenta-se como uma exig√™ncia √©tica que deve urgentemente ser cumprida. N√£o √© admiss√≠vel que Portugal continue a permitir a persegui√ß√£o e tortura de animais, nomeadamente nas circunst√Ęncias em que isto acontece no meio taurom√°quico. A continua√ß√£o destas pr√°ticas √© um aut√™ntico esc√Ęndalo moral, como defendeu Artur Mendes, Presidente da ANIMAL, quando entrevistado na reportagem "Vermelho e Negro". A ANIMAL est√° cada vez mais empenhada na defesa dos animais e na promo√ß√£o do fim de todos os actos cru√©is a que sejam submetidos, estando especialmente concentrada (sobretudo numa altura do ano em que a √©poca taurom√°quica est√° no seu auge) em combater as corridas de touros.

√Č por esta raz√£o e por entender que √© altura de, num tom ainda mais elevado, afirmar a necessidade e o dever de respeitar e proteger os animais, que a ANIMAL apela a todas as pessoas para que participem na 2¬™ Marcha Anti-Tourada e de Defesa Animal, a acontecer a 18 de Julho, a partir das 17h, no Parque Eduardo VII, em Lisboa.


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: ter√ßa jun 24, 2003 3:05 pm 
Desligado
Forcado
Avatar do Utilizador

Registado: sexta jun 06, 2003 12:43 pm
Mensagens: 113
Localização: Santarém
Lol a quantidade de disparates que ai v√£o :shock:
Mas existe uma preocupação: todas aquelas pessoas que não conhecem minimamente o universo da tauromaquia, poderão eventualmente cair no engano que esse email traz :?

_________________
Imagem

"o toiro é um animal doméstico" by maestro Vitorino de Almeida


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: ter√ßa jun 24, 2003 3:39 pm 
Desligado
Picador

Registado: segunda jun 09, 2003 9:13 pm
Mensagens: 64
Localização: Alentejo
Exacto!!! :? √Č isso que √© preocupante! Eles fazem passar estes disparates por ai, h√° pessoas que n√£o sabem se gostam ou n√£o, que no m√≠nimo ficam um pouco impressionadas! A reportagem da SIC igual, tem exactamente esse efeito!!!

Ainda por cima, parece que querem p√īr o Jo√£o Moura na forca, que √© um homem que representa o nosso pa√≠s l√° fora, e honra a bandeira portuguesa!!! Mas isso parece-me que n√£o tem a m√≠nima import√Ęncia pois n√£o???

E a conversa do Luís Rouxinol??? :shock: Até parece que foi mesmo assim que as coisas aconteceram!!! Que eu saiba, esses "meninos" muito respeitadores que não partem para a violência começaram a atirar objectos enquanto ele montava o cavalo antes da corrida...

E ainda me atrevo a dizer mais!!! Essas manifesta√ß√Ķes n√£o deviam ser policiadas - porque o policiamento √© para defender os meninos - e nem deviam existir!!! √Č normal que se parta para a viol√™ncia!!! Eles entram em nossa "casa", chamam-nos nomes, ofendem-nos... Se eu fosse para a frente da casa deles, ou da associa√ß√£o deles manifestar-me e ofende-los o que √© que eles me faziam??? De certeza que n√£o me ofereciam cafezinho e bolinhos!!!! Qual direito qual qu√™??? Manifestem-se l√° no parque Eduardo VII, tenham muito sucesso, porque para mim os c√£es ladram e a caravana passa!!!!


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: quarta jun 25, 2003 3:49 am 
Então e nos não organizamos uma marcha anti antis?? Eu também gostava de lá estar para ver aqueles palhaços e quem sabe dar umas boas chapadas nuns quantos isso sim era boa ideia...


Topo
  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: sexta jun 27, 2003 3:07 pm 
Desligado
Novilheiro
Avatar do Utilizador

Registado: sexta jun 06, 2003 12:11 pm
Mensagens: 94
A reportagem da SIC foi de uma qualidade baixíssima, assim como de um elevado grau de facciosismo.
Quanto a esse Senhor moutinho e à marcha anti-tourada só tenho uma coisa a dizer, 90% das pessoas que participam nisso são aquelas que são a favor do aborto, devem achar um toiro mais importante que um ser humano.
O que acho incr√≠vel √© quando passam meia d√ļzia de gatos pingados a dizer mal das corridas h√° sempre uma c√Ęmara de TV a filmar, mas quando est√£o milhares e milhares por todo o pa√≠s a assistirem a corridas... a√≠ n√£o filmam nada.... lament√°vel!

_________________
Suerte Maestro!


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: s√°bado jun 28, 2003 12:56 am 
Desligado
Forcado
Avatar do Utilizador

Registado: sexta jun 06, 2003 12:43 pm
Mensagens: 113
Localização: Santarém
Tens raz√£o sebas, e os milhares de aficionados que todos os anos v√£o a Espanha? :shock:
Pois, isso também não mostram :?

_________________
Imagem

"o toiro é um animal doméstico" by maestro Vitorino de Almeida


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: segunda jun 30, 2003 12:16 am 
Desligado
Praticante
Avatar do Utilizador

Registado: s√°bado jun 21, 2003 4:15 am
Mensagens: 11
Localiza√ß√£o: √Čvora - Alentejo
Mais uma vez se assistiu em Portugal o poder descontrolado e anti democr√°tico que a comunica√ß√£o social possui, j√° que n√£o existe uma √ļnica ponta de imparcialidade no jornalismo em Portugal, fazem e dizem o que querem e ningu√©m os controla, caso que se torna muito grave j√° que toda a popula√ß√£o portuguesa tem uma televis√£o e n√£o se pode negar que o povo portugu√™s nunca foi um povo de opini√£o pr√≥pria indo sempre atr√°s do que passa na televis√£o e de mito que o que vem do estrangeiro √© que √© bom! Por aqui me fico tirem as conclus√Ķes que acharem, tendo eu j√° a certeza de que iremos a m√©dio prazo pagar por este excesso de liberdade de express√£o... VIVAM AS TOURADAS!

_________________
PORTUGAL não é uma nação pequena, não é uma nação pobre, não é uma nação europeia! Nasceu na europa, tornou-se adulto no ultramar fez-se a GRANDE NAÇÃO EUROPORTUGUESA OU PORTUGAL UNIDO com 2174000km!


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem: Viva as corridas de toiros!!
MensagemEnviado: segunda jul 07, 2003 1:38 pm 
Desligado
Aficionado
Avatar do Utilizador

Registado: domingo jun 15, 2003 12:23 am
Mensagens: 7
Pois √©, c√° estou eu a estrear-me no f√≥rum de um dos melhores canais do IRC...? L√≥gico que me refiro ao canal #Touradas! Desde j√° que dou os meus parab√©ns pelo sucesso que o f√≥rum tem vindo a ter e a grandes contribui√ß√Ķes de alguns dos nossos administradores do #, assim como a nossa querida keppler, D__Sebastiao, Truli, Kabulas e entre muitos mais que com dedica√ß√£o e amor defendem a maior tradi√ß√£o portuguesa.... as Corridas de Toiros (n√£o gosto muito do termo "touradas").
O que me levou a escrever para o fórum, além do gosto que tenho pela tauromaquia e por tudo o que a rodeia, foi a quantidade de disparates que o jovem Miguel Moutinho escreveu mostrando outra vez a sua grande falta de conhecimento da matéria (como já tínhamos visto no programa "Gregos e Troianos que a RTP passou há cerca de um ano)
Lembro-me perfeitamente desse programa, pois mostrou que as corridas de toiros em Portugal jamais acabar√£o!
Sr. Miguel Moutinho, começo já por lhe falar no animal que sem ele a corrida de toiros era impossível: o Toiro. Como já estou farto de dizer a pessoas como você, o toiro é melhor tratado do que certos humanos pois requerem da máxima atenção de qualquer bom ganadero. Se um toiro está doente, nesse mesmo dia ou logo no dia a seguir tem lá o veterenário para ver o que se passa com o animal e é logo tratado e cuidado da melhor maneira, e não duma forma bárbara e torturosa como vocês costumam dizer.
Por isso, e por muitas outras raz√Ķes, lhe digo para n√£o falar do que n√£o sabe pois alguns animais (principalmente os toiros) vivem melhor do que muitas pessoas... Se quiser marcar uma consulta num hospital porque est√° doente talvez leve uns dias a ser recebido, o mesmo j√° n√£o acontece com este belo animal que merece mais respeito do que qualquer um que fala das coisas sem estar a par de nada (como s√£o voc√™s na maioria das vezes).
Em rela√ß√£o √† reportagem que a SIC exibiu aqui h√° uns tempos atr√°s, s√≥ veio refor√ßar a ideia que essa esta√ß√£o de televis√£o √© contra a maior tradi√ß√£o portuguesa, as corridas de toiros. N√£o percebo porque √© que diz que as corridas de toiros s√£o um neg√≥cio, pois basta olhar para o mundo do futebol para ver que o neg√≥cio destes a comparar com as corridas de toiros n√£o √© nada! Jogadores que a sua √ļnica preocupa√ß√£o √© treinar duas vezes por dia e jogar ao domingo ganhando sal√°rios alt√≠ssimos! N√£o concordo na maioria dos ordenados de jogadores de futebol, por isso n√£o me venha falar em neg√≥cios, pois a sua e a nossa vida √© um neg√≥cio.
Eu às vezes pergunto me a mim mesmo se vocês, Anti-Touradas já fizeram algum tipo de evento social para ajudar alguma criança com dificuldades a todos os níveis (onde os cavaleiros lidam apenas com o objectivo de angariar fundos por causas nobres) como a Corrida da Abraço entre muitas outras corridas de beneficência que se realizam ao longo de toda a época tauromáquica. Já fizeram alguma coisa? NÃO! Simplesmente sabem protestar contra algo que Portugal se orgulha bastante... Os Toiros!
Eu nem lhe chamaria protestar, porque uma ou duas centenas de pessoas (algumas que nunca viram uma corrida de toiros, por isso n√£o sabem o que √©) com meia d√ļzia de cartazes, algumas descontroladas querendo partindo para a viol√™ncia, eu n√£o chamaria a isto Manifesta√ß√£o. S√≥ quero que se mentalizem meus caros anti-touradas, JAMAIS acabar√£o com com as corridas de toiros em Portugal! Sr. Miguel Moutinho, gostava que me apresentasse os pap√©is (devem ser meia d√ļzia de estat√≠sticas com uns 10 anos) onde diz que 80 a 90% da popula√ß√£o portuguesa n√£o gosta de corridas de toiros... Onde qualquer pessoa que v√° a uma corrida verifica que cada vez h√° mais pessoas a aderirem (principalmente jovens) e a gostarem cada vez mais da tradi√ß√£o que caracteriza Portugal.
Eu juro que o que mais me irrita s√£o pessoas como voc√™ que n√£o tem a m√≠nima no√ß√£o do que √© uma corrida de toiros, mas criticam com argumentos falsos, sujos e deficientes. N√£o sabem a alegria que se vive nas bancadas, a magia que tem uma corrida de toiros, a m√ļsica, os forcados (esse corajosos rapazes) enfim, tudo o que caracteriza uma corrida que nos faz logo um brilho nos olhos e uma sensa√ß√£o estranha no cora√ß√£o... VIVA √ÄS CORRIDAS, VIVA PORTUGAL, VIVA A TRADI√á√ÉO!!

Ps: Boa sorte para o fracasso que vai ser a vossa Manifestação meu caro Miguel Moutinho :D


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: quarta jul 09, 2003 10:42 am 
Desligado

Registado: quinta jul 03, 2003 1:56 pm
Mensagens: 1
Só uma pequena nota sobre os touros de fogo em Santarém:

"Organizadores s√£o pessoas que ter√£o perturba√ß√Ķes mentais graves e cujas actividades atingem um n√≠vel de malvadez que merece tratamento psiqui√°trico"

A largada de toiros com archotes nas hastes, programada para a Feira Nacional de Toiros, a decorrer de 14 a 16 de Fevereiro em Santarém, foi proibida pela Inspecção Geral das Actividades Culturais (IGAC), por causa dos maus tratos infligidos aos animais.

(fonte: http://www.animal.org.pt/bo/noticias/index.php?noticia_id=11)

Só analisando este texto podemos ver que há pelo menos uma pessoa que se preocupa com os animais, ou melhor, um grupo de pessoas (!): as que fazem parte da IGAC!

Citar:
Sr. Miguel Moutinho, começo já por lhe falar no animal que sem ele a corrida de toiros era impossível: o Toiro. Como já estou farto de dizer a pessoas como você, o toiro é melhor tratado do que certos humanos pois requerem da máxima atenção de qualquer bom ganadero. Se um toiro está doente, nesse mesmo dia ou logo no dia a seguir tem lá o veterinário para ver o que se passa com o animal e é logo tratado e cuidado da melhor maneira, e não duma forma bárbara e torturosa como vocês costumam dizer.

AO MENOS ISSO! Mas acham que isso justifica que ele morra sofrendo? E que tenha uma morte lenta cheia de dores? Eu (e possivelmente, sublinho, possivelmente, os que fazem parte da IGAC) acho que n√£o!

Citar:
Em relação à reportagem que a SIC exibiu aqui há uns tempos atrás, só veio reforçar a ideia que essa estação de televisão é contra a maior tradição portuguesa, as corridas de toiros.

Bem, então há mais gente que é contra as touradas. A SIC tem para ai quantos trabalhadores? hmmm, pois, não estou a ver agora, mas já podemos dizer que somos mais de cem!

Se tradição é fazer um animal sofrer propositadamente e sem razão então EU e mais esses 100 somos contra a tradição! Mas tradição não é isso... para mim (e para esses possíveis 100) não é isso.

Quanto ao futebol estou completamente de acordo!

Citar:
Eu às vezes pergunto me a mim mesmo se vocês, Anti-Touradas já fizeram algum tipo de evento social para ajudar alguma criança com dificuldades a todos os níveis (onde os cavaleiros lidam apenas com o objectivo de angariar fundos por causas nobres) como a Corrida da Abraço entre muitas outras corridas de beneficência que se realizam ao longo de toda a época tauromáquica. Já fizeram alguma coisa? NÃO! simplesmente sabem protestar contra algo que Portugal se orgulha bastante... os Toiros!


J√°.

E Portugal n√£o se orgulha bastante dos Touros. Possivelmente o "teu Portugal" sim...

Citar:
Eu nem lhe chamaria protestar, porque uma ou duas centenas de pessoas (algumas que nunca viram uma corrida de toiros, por isso n√£o sabem o que √©) com meia d√ļzia de cartazes, algumas descontroladas querendo partindo para a viol√™ncia, eu n√£o chamaria a isto Manifesta√ß√£o.

LOL! Agora és tu que não sabes contar...

Citar:
Miguel Moutinho, gostava que me apresentasse os pap√©is (devem ser meia d√ļzia de estat√≠sticas com uns 10 anos) onde diz que 80 a 90% da popula√ß√£o portuguesa n√£o gosta de corridas de toiros... Onde qualquer pessoa que v√™ a uma corrida verifica que cada vez h√° mais pessoas a aderirem (principalmente jovens) e a gostarem cada vez mais da tradi√ß√£o que caracteriza Portugal.


√Č mais f√°cil confiar nesse gajo que confiar em ti...

Para terminar, ponham-se no lugar dos touros nesses √ļltimos minutos (e n√£o s√£o poucos) de vida...

O cl√°ssico HOMEM contra o TOURO! Que beleza. S√≥ que homens s√£o para ai 10 (n√£o posso precisar porque nunca fui a uma tourada) e o touro antes de entrar √© torturado, drogado e p√Ķe-lhe resina nos olhos para o tornar mais fraco. QUE BELEZA!!! Porque ser√° que o touro perde sempre? N√£o fa√ßo ideia.

J√° agora, gostava de dizer aos forcados que gosto muito do trabalho deles! Principalmente quando se magoam. √Č para verem mais ou menos o que √© sofrer...

E quanto ao n√ļmero de pessoas contra as touradas √© melhor esclarecer que n√£o somos 100... Podia haver alguns de v√≥s que n√£o entendessem a met√°fora...

E pronto, despeço-me.

AH! Esqueci-me!

Citar:
Anti-Touradas epá estou mesmo sem palavras, há ai um rapaz que também tem mais ou menos as tuas ideologias e já participou em debates civilizadamente!! E tu não és capaz?


Lol. O que é que aconteceu a esse foi expulso? Pois...

Citar:
caro anti-touradas, j√° pensaste por acaso se eu vou a uma tourada por me dar gozo ver um animal sofrer


√Č isso mesmo que eu penso. Voc√™s v√£o √†s touradas porque vos d√° gosto ver um animal sofrer!

Confesso que de vez em quando tenho uma certa vergonha em ser Português, mas pronto.
Só o facto de falares no Ultramar no sentido de apoiares a guerra colonial parece-me que também apoias o regime ditatorial e fascista do Salazar... logo...
Imagina que tinhas nascido em França. Amavas Portugal e a sua história?

_________________
Uma boa tourada faz-se com o toureiro a fazer de touro e o touro de toureiro!


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: quarta jul 09, 2003 12:54 pm 
Desligado
Aficionado
Avatar do Utilizador

Registado: domingo jun 15, 2003 12:23 am
Mensagens: 7
Anti-Touradas mas só sabes transcrever o que eu disse? Se não te sabes expressar de outra maneira... ok, concordo contigo!
Já viram que só sabem dizer sempre as mesmas coisas?! Que o touro sofre, que somos uns assassinos, que somos egoístas... enfim uma catrefada de argumentos que são fracos e não fazem sentido!
Mas ainda tens d√ļvidas que Portugal se orgulha de ter a corrida de toiros?? o MEU Portugal n√£o, mas sim PORTUGAL!
Não sei contar?? Só falta dizer que vocês são mais que os aficionados em Portugal não? Só te falta dizer isso! :lol:
VIVA AOS TOIROS, VIVA À FESTA BRAVA, VIVA PORTUGAL!

Ps: Repito, boa sorte para o FRACASSO que vão fazer a que chamam de manifestação :D


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: quarta jul 09, 2003 2:55 pm 
Desligado
Praticante
Avatar do Utilizador

Registado: domingo jun 15, 2003 8:49 pm
Mensagens: 11
Localização: Porto
Antes de mais devo dizer que este é o fórum mais activo e interessante de que já tive conhecimento, os meus sinceros parabéns!
Quanto ao senhor que se denomina por anti-touradas, devo dizer-lhe que sou de uma terra com poucas tradi√ß√Ķes taurom√°quicas mas nem por isso deixo de me considerar uma grande aficionada! Para minha felicidade e evolu√ß√£o da festa brava tenho notado uma ades√£o cada vez maior √†s corridas realizadas no Porto (sim, no Porto! Ao contrario do que muitos pensam, o norte n√£o √© o dom√≠nio dos anti-touradas, eles bem tentam mas...) e arredores!
Quanto √† maneira pouco civilizada que tem de discutir estes temas, quero dizer-lhe que j√° tive bastantes discuss√Ķes com pessoas que se dizem contra as corridas de touros, digo-lhe at√© que no meu c√≠rculo de colegas/amigos aqui do Norte ningu√©m √© aficionado, portanto deve imaginar as discuss√Ķes/conversas que j√° tive, e nunca ningu√©m teve tanta falta de considera√ß√£o e civiliza√ß√£o!
Posso dizer-lhe também que muitos deixaram de falar e relacionar comigo devido à minha aficion! Paciência, "só faz falta quem cá está!"
Eu não deixei nem nunca deixarei de ser aficionada por causa disso nem por outra razão qualquer, acha que são os anti-touradas ou defensores dos animais como erradamente se auto-nomeiam, que vão acabar com a aficion e com esta tradição nacional? Vamos lá ser realistas!!!!


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: quarta jul 09, 2003 3:01 pm 
Desligado
Picador
Avatar do Utilizador

Registado: quarta jun 04, 2003 7:12 pm
Mensagens: 59
Localização: Elvas
Anti-touradas n√£o foi expulso n√£o, como podes verificar se leres com aten√ß√£o tem alguns posts interessantes e queriaram algumas discuss√Ķes saud√°veis !!

_________________
A vida é uma luta e quem desiste de lutar é indigno de viver !!
SOLT? GATO !!


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: quinta jul 10, 2003 12:49 pm 
Desligado
Forcado
Avatar do Utilizador

Registado: sexta jun 06, 2003 12:43 pm
Mensagens: 113
Localização: Santarém
Anti-touradas Escreveu:
O cl√°ssico HOMEM contra o TOURO! Que beleza. S√≥ que homens s√£o para ai 10 (n√£o posso precisar porque nunca fui a uma tourada) e o touro antes de entrar √© torturado, drogado e p√Ķe-lhe resina nos olhos para o tornar mais fraco. QUE BELEZA!!! Porque ser√° que o touro perde sempre? N√£o fa√ßo ideia.

LOL, buahhahaha :P
Drogado é resina nos olhos é essas são novas :roll:
Onde é que leste isso?

_________________
Imagem

"o toiro é um animal doméstico" by maestro Vitorino de Almeida


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: domingo jul 13, 2003 3:59 am 
Desligado
Picador

Registado: segunda jun 09, 2003 9:13 pm
Mensagens: 64
Localização: Alentejo
Confesso que também achei uma certa graça, principalmente à parte da resina nos olhos!!! He he he he... Mas quando é que este pessoal tem juízo, e procura argumentos que sejam no mínimo aceitáveis???

Quanto à conversa do teu Portugal, e do meu e sei lá de quem e estatísticas... Só para teres uma ideia, quando dão corridas de toiros na TV chegam ao topo das audiências! Agora não me venhas dizer a mim que as pessoas não gostam e que 90% estão contra!!! Ou então são esses todos contra, que ligam a TV na tourada só para dizerem mal... Pois não sei!

Ahhh!!! Voc√™s dizem que defendem uma causa muito nobre e tal... Mas expressam bem a vossa crueldade ao dizer que os forcados e os toureiros de deviam magoar!!! Depois n√£o querem levar na "tromba" nas manifesta√ß√Ķes sem sentido que fazem nas nossas pra√ßas... Claro que t√™m que levar!!!! :twisted:

Sim, porque nós não vamos a uma corrida pelo prazer de ver o animal sofrer, a arte da corrida de toiros é outra! Informem-se como deve ser e depois critiquem!!!

Um dos vossos maiores problemas é que misturam tudo!!! Temos aqui pessoas de direita, esquerda, centro, monárquicas, não monárquicas, etc etc etc... e vocês chegam aqui e resumem tudo a fascistas!!! Acabou!!! Primeiro nunca houve fascismo em Portugal, mas isso também agora nem vem ao caso, e depois este tema não tem a ver com politicas!!!

AHHH!!! Mas ai √© que est√°!!! Est√° aqui muito mais politica do que a SIC quer mostrar nas suas reportagens "encomendadas", ou do que esse tal de Miguel Moutinho quer deixar transparecer!!! E mais n√£o digo... √Č melhor irmos debatendo para n√£o ser eu a dizer tudo!!!! (lol)

Mais uma vez apelo a todos esses senhores que se dizem anti, que falem sim, que mostrem as vossas opini√Ķes, mas com argumentos v√°lidos! Procurem, informem-se, mas n√£o falem do que n√£o sabem!!!


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: sexta jul 18, 2003 6:39 pm 
Desligado
Banderilheiro

Registado: domingo jun 08, 2003 12:31 am
Mensagens: 36
Localização: Lisboa
Grande Keepler, assim é que é!
Podem falar, mas civilizadamente e com argumentos válidos, penso que aqui nós (aficcionados) respeitamos quem não gosta de corridas, agora que os anti também nos respeitem a nós!
Olé

_________________
Patrícia Costa


Topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo T√≥pico Responder a este T√≥pico  [ 23 mensagens ]  Ir para p√°gina 1, 2  Pr√≥ximo

Os Hor√°rios s√£o TMG


Quem est√° ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
cron
Toureio Sol e Sombra Touro Bravo Cavalonet
Grupo TauromŠquico Sector 1 Taurodromo Touro e Ouro Naturales Tauromaquia
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por phpBB Portugal